Michelle

Clemente

O Estranho mundo de Michelle Clemente :P

Em algum lugar não tão distante aparentemente insignificante existem as coisas tão vitais para a vida...
.......

Um colapso de sentidos


Um colapso de sentidos

Eu Nasci assim com meus sentidos aflorados
Meus sentimentos inexplicáveis
Com uma percepção de cada gesticulação cabida ao um análise profundo
Eu não apenas penso, mas cogito

As coisas as cores são tão nítidas
Sinto tudo mais que os outros
E aquilo e ouço e vejo alcança minha alma
Penetra rasgando sem perguntar se eu quero

Amo demais de modo intenso
Luto para o bem daqueles que amo sem pedir nada em troca
De maneira quase que ingênua de fechar os olhos
E acreditar que as pessoas são boas

Gostaria de me desligar dessas coisas ou
Diminuir a intensidade desses sentidos
Para suportar tudo o que vejo e ouço
Quase não dá para viver assim

Um colapso de sentidos
Por tempos tenho tentado me refugiar
Mas não conseguir nem viver e nem me expressar
Tinha medo, sinto medo

Não suporto a desigualdade, a soberba,
O racismo, a cólera, o egoísmo, as mentiras os relaxos, os antiéticos,
Os palavrões de baixo escalão, os superegos, discórdias, contendas, o roubo do salário dos trabalhadores, o alguém que quer ser alguém que não deixa de ser apenas um clichê de dejetos fecais, todo o lixo da hipocrisia...

Não suporto Não suporto Não suporto Não suporto

# Compartilhar

DEIXE SEU COMENTARIO

    Blogger Comentario
    Facebook Comentario

0 comentários:

Postar um comentário